Bem-vindo a La Horra

EspañolEnglishFrancais Escudo de la Horra
A data da fundação de “La Horra” como Vila remonta-se ao século IX. Colocada numa pequena ladeira, fica protegida dos ventos do norte por um extenso e espesso pinheiro. A sua fama e prestígio são devidos, numa parte, pelos seus vinhos e adegas. Os vinhais ocupam uma grande parte do seu território.

Ayuntamiento de La HorraNão há memória desde que as povoação da “La Horra” é uma das vilas mais vanguardistas no cultivo e produção, – quer em termos quantitativos ou nos qualitativos do famosos vinhos protegidos, à data de hoje pela Denominação na Origem “Ribera del Duero”.

La Horra, libertou-se da jurisdição da Vila de Roa, adquirindo o seu próprio título de Vila, outorgado pela Real Carta Executória de Execução de Jurisdição, concedida pelo Rei Felipe V, datada no dia 11 de Julho de 1725 em “La Granja de San Idelfonso”, após o consentimento do Conde de Siruela, que vinha, então, a ostentar o senhorio de todas aquelas terras; tendo sido previamente preciso o pagamento de 350.500 “maravedis”, (moeda naquela época), e em conceito dos impostos para as Arcas Reais..

Iglesia de La Horra y visita virtualA Igreja ou templo paroquial, é o monumento com mais importância da Vila, o seu clássico pórtico é da obra de Domingo de Ondátegui, arquitecto Vasco, quem no século XVIII, fica a viver em La Horra e intervêm na construção de variadas obras arquitectónicas, sendo destacáveis, entre outras, a da grande torre da Sé-Catedral, de “El Burgo de Osma”, assim como no restauro a capela de “Santa Tecla” da Sé-Catedral de Burgos.

Interior de la iglesia de la Horra y visita virtualO pórtico da igreja, com o seu grande arco, está datado no ano 1780. O grandioso conjunto, assim como os destaques na lavra que rodeia o nicho da Virgem, assim como a cruz que coroa a obra, falam por se mesmo da grande qualidade do artista.

O interior da Igreja está composto por três naves chamadas “de salón” (salão). O retábulo do altar-mor é neoclássico. O talhe central, do século XVII, representa a Assunção da Nossa Senhora a Virgem, patroa da paróquia. No interior do altar-mor é de destacar, pela sua arte e antiguidade dois baixo releves do século XII, um dos quais está a representar a vinda do Espírito Santo perante a Virgem e os Apóstolos, e no outro, “La “Dormición” ou adormecimento da Nossa Senhora.

Mapa de situaciónLa Horra tem a honra de ser a primeira localidade na que se introduzo a variedade da uva “Cabernet Sauvignon”. Uva trazida pelo frade Irmão francês D. Martín Dumas, desde Bordéus; dando origem também a instalação da primeira casa na Espanha, nesta vila de La Horra da Congregação dos frades, (chamados irmãos), “Hermanos de la Sagrada Família”. Os primeiros irmãos, chegaram a La Horra no ano 1909, estando na frente este Superior.

Uva Cavernet_SauvinonOs dias feriados próprios da “La Horra” são o 12 de Fevereiro, festividade da Santa Eulália de Barcelona, e no dia 15 de Agosto, solenidade da Assunção da Nossa Senhora a Virgem.

O município de “La Horra” pertence ao Distrito de Burgos, ficando a 76 Kms. de distância dessa também capital, e a 7 Kms., ao norte de Roa, na comarca chamada “Ribera del Duero”, e a 802 metros de altitude sobre o nível do mar.

Têm na actualidade uma população recenseada de 417 habitantes. (Havendo chegado a ter 1.174 habitantes no ano 1900, segundo recenseamento daquele ano), e ocupando no seu conjunto da totalidade do seu território municipal uma superfície de 30,06 Km2.

 


Inicio | Historia | La ribera del Duero | La Horra | El vino | Las bodegas | Bodega Mataburras | Libro visitas | Enlaces | Contacta

© CopyRight by A.R.B.E.B.B.L.F.C ..2006. All Rights Reserved. Resolución 1024 x 768.